Como preparar um processo de psicogiagnostico

Ir em baixo

Como preparar um processo de psicogiagnostico

Mensagem por Admin em Ter Mar 04, 2014 7:22 am

Olá a todos, é um prazer editar mais um tópico  Very Happy  Very Happy 


Favorece-se a fantasia de que o paciente pode depositar rapidamente os conflitos e preocupações no psicólogo, que seria investido de atributos mágicos de compreensão dos mesmos
Também é facilitada a atitude por parte dos pais de não sofrer as alternativas do processo, não se expor à mobilização de angústia.
Se não se trabalha com a técnica de devolução de informações, as fantasias do paciente em relação ao psicólogo podem não ser retificadas
Esse contato tão fugaz planejado pelo psicólogo reflete a grande onipotência em relação a si ou transferida a um determinado teste. Essa atitude de onipotência facilita, no paciente, a fantasia de que o que ele tem é algo muito simples, muito fácil de captar e/ou de que o psicólogo é “uma espécie de bruxo que maneja o teste como uma bola de cristal que reflete tudo o que acontece”.
Deve ser levado em consideração no processo diagnóstico que tanto em casos de redução ou prolongamento excessivo do processo psicodiagnóstico, oculta-se um déficit de informação que leva a uma busca de infinitas recorrências em um caso e, no outro, a negar a necessidade de recorrências suficientes que lhe permitam uma boa síntese da problemática do paciente. Há uma voracidade e curiosidade excessivas, atuadas num caso e reprimidas no outro.


Agradeço a todos, até mais  Very Happy  Very Happy 
Créditos:psicologiananet.com.br
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 119
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 25
Localização : Brasilia-DF

Ver perfil do usuário http://escoladapsicologia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum